top of page

Polysorbate (Polisorbatos) 20, 40, 60 e 80


Os polisorbatos são um grande grupo de substâncias classificadas como surfactantes, cuja principal função é atuar como emulsificante, tornando possível e estável a mistura de óleo em água, formando, assim, os cremes e loções. Também atuam como agentes solubilizantes, dissolvendo fragrâncias e óleos essenciais em meio aquosos, como tônicos, perfumes, etc.


São geralmente derivados de fontes naturais, como ácido láurico, palmítico e oleico, ácidos graxos encontrados em óleos vegetais naturais, como coco, palma, oliva, etc.

Os polisorbatos são amplamente utilizados na indústria cosmética e farmacêutica, em todos os tipos de produtos, como sabonetes líquidos, shampoos, cremes, loções, perfumes, maquiagem e desodorantes. São especialmente usados em produtos para higienização da pele, como demaquilantes e soluções micelares, por promoverem limpeza bastante delicada, sem agredir ou remover completamente a camada de proteção natural cutânea.

Também são ingredientes bastante comuns na indústria alimentícia, em produtos como sorvetes, atuando como estabilizante para torna-los mais cremosos, resistentes ao derretimento e mais fáceis de manusear.

SEGURANÇA

Tratam-se de substâncias obtidas através de uma reação química conhecida como etoxilação, que ocorre a partir da combinação de ácidos graxos com o ingrediente sorbitol e, posteriormente, com óxido de etileno. Este processo pode originar, como subproduto (impureza), um composto altamente tóxico e cancerígeno chamado 1,4-dioxano. Esta substância é viável de ser removida - embora nunca completamente, pois sempre resta uma quantidade residual no produto final - através de um processo de produção extremamente bem controlado e executado, o que não é fácil e nem barato, sendo indispensável a escolha e análise bastante criteriosa dos fabricantes destes tipos de substâncias.

Avaliação: Médio

Classe: Surfactante/ Emulsificante/ Solvente

Riscos: Considerado de baixo risco para uso cosmético, com baixo potencial de irritações e alergias.

 

REFERÊNCIAS:

http://ec.europa.eu/growth/tools-databases/cosing/index.cfm?fuseaction=search.details_v2&id=79321

https://pubchem.ncbi.nlm.nih.gov/compound/443314

https://online.personalcarecouncil.org/ctfa-static/online/lists/cir-pdfs/FR696.pdf

4.273 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Sodium Coco Sulfate (Coco Sulfato de Sódio)

Spoiler: irmão do Lauril Sulfato de Sódio. De origem natural, com uma estrutura química muito semelhante ao SLS, mas que se diferencia...

Propanediol (1,3-propanediol)

Propanediol é um glicol derivado natural do milho, e que possui a função de atrair água para si, sendo, portanto, um agente...

Cetyl Palmitate (Palmitato de Cetila)

Cetyl palmitate é uma cera éster derivada do ácido palmítico. Sua origem pode ser sintética ou natural, à partir do coco babaçu. Assim como

bottom of page