Methylisothiazolinone (MIT)


Conservante de ação bactericida, não liberador de formaldeído, bastante empregado na indústria cosmética brasileira, principalmente em combinação com outros preservantes para uma ação de amplo espectro. Contudo, conforme informação do Comitê Cientifico da Comissão Europeia (SCCS), em muitos países dessa região, seu uso é restrito a apenas produtos enxaguáveis, como sabonete liquido, shampoo, condicionador, pasta de dentes, etc, e a uma concentração máxima de 0,0015%.

Avaliação: Ruim

Classe: Conservante

Riscos: Toxicidade e possível surgimento de alergias e irritações cutâneas e oculares.


#Conservantes #Ingredientes

12.323 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Spoiler: irmão do Lauril Sulfato de Sódio. De origem natural, com uma estrutura química muito semelhante ao SLS, mas que se diferencia...

Propanediol é um glicol derivado natural do milho, e que possui a função de atrair água para si, sendo, portanto, um agente...

Cetyl palmitate é uma cera éster derivada do ácido palmítico. Sua origem pode ser sintética ou natural, à partir do coco babaçu. Assim como