O que fazer com a pele oleosa? O maracujá é a solução!


Na imagem um fruto mostrando a polpa do maracujá e ao lado uma mulher com a pele oleosa

Spoiler: é mais poderoso do que a uva e seus derivados!


A gente sabe que você talvez não dê muito valor para o maracujá, já que é uma fruta tão comum nas mesas brasileiras. E a gente entende, afinal, você deve pensar: “como pode um ingrediente tão baratinho e que cresce no quintal de casa ter valor? Se tivesse custaria caro e não seria tão fácil de encontrar!"


Pois é, nós crescemos acostumados a esse raciocínio, na verdade, com essa prática tão comum de marketing: o princípio da escassez, o que significa que para algo ter valor, ele deve ser raro e custar muito caro. Mas eis que isso não é uma verdade, nós apenas fomos induzidos a pensar assim. E este é o caso do maracujá.


Para fazer um paralelo bem real com essa situação, nós podemos usar o exemplo da uva na França que, assim como o maracujá, sempre cresceu com facilidade e abundância por todo território francês e seu principal uso era para a elaboração de bebida, no caso, o vinho.


Contudo, há não muito tempo, alguém decidiu estudar mais a fundo as propriedades dessa fruta tão comum e consumida por lá, e descobriu potenciais incríveis. Um deles é o famigerado (e com toda razão!) RESVERATROL.


UMA BREVE INTRO SOBRE O RESVERATROL PARA TE ESCLARECER


O resveratrol é uma substância da categoria dos polifenóis, compostos fitoquímicos de elevada atividade antioxidante.


Ok. E por que os antioxidantes são tão importantes? A gente já explicou isso bem detalhadamente nessa matéria aqui, corre lá ler e depois volte pra cá.


Acontece que o resveratrol é um dos antioxidantes mais potentes já descobertos. Ele é tão poderoso que até para tratamento contra o câncer ele é utilizado.


Mas estamos falando de maracujá ou de resveratrol?


Era importante que você soubesse da existência do resveratrol, para saber que existe um análogo químico dessa substância (quase como se fosse um irmão gêmeo) conhecido como piceatannol.


O piceatannol, por possuir uma hidroxila a mais em sua estrutura química, acaba tendo um poder antioxidante ainda mais potente do que o do resveratrol. E adivinha só qual é a fonte mais abundante dessa substância? É isso aí, o bem e velho maracujá!


Por isso o maracujá e seus derivados, como extratos e óleos, vêm ganhando mais atenção recentemente.


Além do piceatannol, o maracujá também é rico em beta caroteno, outra classe de antioxidantes precursores naturais da vitamina A. Na pele, essas substâncias são convertidas por nossas células em ácido retinóico, aquele ativo bem famoso e super eficaz que todo mundo já conhece. É por isso que sua polpa e seu óleo possuem coloração amarela tão vibrante.


Em termos de skin care isso significa redução da produção de sebo, menos comedões, manchas, acne e menos rugas e linhas finas.

A presença dos precursores da vitamina A é muito importante pois se trata de uma opção mais segura e natural em relação ao uso do retinol, que também se converte em ácido retinóico na pele, mas que oferece muitos riscos a saúde, como irritação cutânea severa e malformação fetal, sendo seu uso proibido para gestantes.



FALANDO MAIS SOBRE A OLEOSIDADE


O principal responsável pelo controle da oleosidade é o óleo das sementes do maracujá. Através de estudos de eficácia conduzidos pelas empresas que comercializam seus derivados para aplicação cosmética, foi constatado que o óleo de maracujá é realmente capaz de reduzir a produção de sebo, sem, no entanto, ressecar demais a pele, já que, na realidade, ele normaliza a produção orgânica natural de oleosidade.


Além da ação do beta-caroteno, que é convertido em ácido retinóico na pele, e que por si só já reduz a produção de sebo e a formação de cravos e comedões, o óleo de maracujá possui alta concentração graxa do ácido linoleico (ômega 6), uma gordura que também controla o excesso de sebo, e que, não por coincidência, se encontra em reduzida quantidade nas peles mistas e oleosas. Ou seja, a pele oleosa precisa de ácido linoleico para equilibrar suas funções naturais.


Seborreia, caspa e queda de cabelo


Também atende. E pelo mesmo mecanismo de ação: regulando a oleosidade, há redução da proliferação fúngica, que se alimenta desse sebo e acelera a queda dos fios. Quando o controle já ocorre na primeira etapa do caminho, fica mais fácil de prevenir que todo o resto da cascata ocorra.


Mas tem mais: é relaxante e suavizante


Função velha conhecida e já consagrada, todos sabemos que o maracujá induz ao relaxamento, e os responsáveis por essa gostosa sensação são os flavonóides encontrados no fruto, como a passiflorina.


Em nossa pele esses compostos ajudam a suavizar irritações e inflamações, acalmando peles muito reativas e ajudando a controlar a descamação do couro cabeludo, que também é um processo inflamatório.


E ONDE ENTRA A UVA NISSO TUDO?


A gente usou a uva apenas como um comparativo, pois se trata se um ingrediente que compartilha muitas características com o maracujá, seja em termos de facilidade de cultivo, e também pela presença de bioativos semelhantes, mas, especialmente, por já ser uma matéria-prima consagrada nos cuidados com a pele, por seus benefícios que são, de fato, incríveis. E a gente sabe também que um dos óleos naturais mais recomentados para a pele oleosa é o óleo de uva.


Por isso mesmo a gente quis te mostrar que o maracujá é uma alternativa que oferece ainda mais vantagens, com uma ação antioxidante mais potente, mais pró-vitamina A e com o benefício calmante da passiflorina. E ainda tem o toque do óleo dele, que é bem leve e não gorduroso. Demais, né?!

E além de tudo a gente ainda valoriza nossos recursos naturais nativos e ajuda a preservar o meio ambiente, apoiando famílias e comunidades que dependem do cultivo desse fruto selvagem.


Depois disso tudo fica evidente a razão de termos escolhido o maracujá como o principal ativo de nosso Sérum Purificante. Mas como você já sabe, a gente não parou por aí. Combinamos o maracujá à atividade autofágica de limpeza celular do chá verde + aos benefícios da rosa mosqueta e da macadâmia que combatem o envelhecimento precoce e as manchas.

Como se não bastasse essas ações incríveis para a pele, a gente também pensou no seu emocional e colocamos pequeninas concentrações de óleos essenciais bem delicados, como a lavanda e o may chang, pra te proporcionar descanso mental.


Peles oleosas, maduras e cansadas, estamos falando com vocês!


Amvï é cuidado holístico.


 

REFERÊNCIAS:


https://pubchem.ncbi.nlm.nih.gov/compound/445154

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6770230/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5605215/


36 visualizações

Posts recentes

Ver tudo